Publicado em: 04/06/2021 13:17:01

Falar em sustentabilidade remete, na maioria das vezes, à ideia de preservação dos recursos hídricos, conservação do solo e manutenção das áreas de proteção florestal. O tema, no entanto, abrange esses aspectos e vai além, perpassando questões sociais e econômicas imprescindíveis para a estabilidade dos empreendimentos rurais. Portanto, promover práticas sustentáveis significa a implementação de meios capazes de dar às propriedades resultados positivos, equilibrados e duradouros.

O assunto ganha ainda mais relevância na atualidade, devido ao grande sucesso para o agronegócio brasileiro, que tem alcançado números expressivos na produção, principalmente, nas safras mais recentes. Com o objetivo de trazer ao público um panorama da produção sustentável nos campos do oeste da Bahia e reforçar os laços com parceiros e participantes da mais tradicional feira de inovação e tecnologia do Norte e Nordeste do Brasil, a diretoria da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), vai abordar o tema durante a Bahia Farm Show Digital Experience 2021. O evento será transmitido no dia 17 de junho, a partir das 19h30, ao vivo, pelo Canal Rural e as redes sociais da emissora e da entidade agrícola.

A transmissão será conduzida por Pryscilla Paiva, com comentários do jornalista e comentarista do Canal Rural, Alexandre Garcia, e do diretor de jornalismo da emissora, Giovani Ferreira. Eles terão, direto da região oeste, as companhias do presidente da Aiba, Odacil Ranzi, o vice-presidente Moisés Schmidt e os especialistas convidados, Luiz Pradella e Luiz Stahlke, em uma roda de bate-papo e discussão sobre o tema “sustentabilidade, boas práticas e alta produtividade no oeste baiano”.

O presidente da Aiba, Odacil Ranzi, lembra que o formato do evento, concebido para ser um ambiente dinâmico e inspirador, que visa fortalecer as parcerias entre organizadores, expositores e clientes, não está relacionado a uma feira online. “Esse é o evento ideal para quem quer conhecer  a agricultura sustentável que é praticada na região. Trata-se de uma excelente oportunidade para difundir os conhecimentos e as experiências que têm levado a Bahia ao posto de campeão de produtividade de soja, milho e algodão, se transformando em exemplo para o País”, afirmou.

Ascom Aiba